Isto anda complicado ☂


A frase do título é, muito provavelmente, a que eu mais tenho usado ultimamente. Digo-a a toda a gente, a mim própria, em várias questões.
Tenho andado afastada daqui, porque tenho andado mesmo stressada...Por causa do coro, mais concretamente devido aos meus colegas de direcção. Não, o Luke já não é nosso maestro, mas a tag dele cá no blog continuará a ser essa, porque para mim ele será sempre o digno maestro. Só não o continua a ser porque não quis, prioridades, neste momento deu prioridade aos estudos, decidiu ir para a universidade. Quem sabe... Se para o ano, quando estiver ambientado à uni, e souber conciliar tudo, não volte!
Tenho então andado sob pressão, também por causa da universidade, da apresentação do meu projecto e do que se seguirá a isso. Eu própria, coloco muita pressão sobre mim, sei disso, tenho que concentrar mais em mim, colocar tudo o que não me faz bem de lado.
Espero que por esse lado esteja tudo bem*

Chegou O mês ☽


Se há mês que me faz sentir que, tanto pode ser dos melhores, como dos piores do ano, este ano esse mês é este, Setembro!
Bem vindo, mês das decisões, dos vários recomeços, das emoções, das coisas importantes a fazer, das bipolaridades. Bem-vindo, Setembro 

Finally (?)


Estou finalmente de volta a casa, de volta à terrinha. Como estou de volta, voltam também todos os afazeres e afins que nunca me 'falham'.
Agora, tudo se resumirá a tempo, tempo que terei até a apresentação do projecto - ainda não fui notificada para isso - , tempo para tratar de tudo para as festas daqui e o que isso acarreta para o coro, tempo para decidir - depois de apresentado o projecto - o que fazer com o meu futuro. tempo.

Just great ⊙


Para terminar bem esta minha estadia pelo Algarve, ontem passei o dia doente, com dores de barriga. Estive sempre deitada, sem puder aproveitar nada.
Hoje estou melhor, já me aguento em pé, já como minimamente bem, dói-me só um pouco a barriga, de vez em quando sinto pontadas, espero bem que isto passe. Amanhã de manhã arrancamos, de volta à terrinha.
Finalmente, porque sinceramente, estar de férias mais que 10 dias, torna-se cansativo, monótono... Mas, ao mesmo tempo, não estou com muita disposição para voltar a dar de caras, e aturar, certas pessoas.